Minhas Inpressões: Francesco (1989) - A História de São Francisco de Assis


- quinta-feira, 2 de agosto de 2012
Hoje assisti a um filme que foge um pouco da linha a qual estou acostumada a seguir. Assisti ao filme de produção italiana "Francesco" (lançado em 1989), que se trata de um documentário/drama a respeito da vida e morte de São Francisco de Assis.

O filme foi baseado em Francis Herman Hesse de Assis, que a diretora Liliana Cavani já havia filmado em 1966. É estrelado por Mickey Rourke e Helena Bonham Carter. A trilha sonora foi composta pelo grego Vangelis.

Confesso que conheço pouco a história de São Francisco de Assis, pois não sou uma pessoa dita "religiosa". Para não dizer que não conheço nada, lembro da famosa oração de São Francisco de Assis, que é muito bonita, e sei que ele é um dos santos mais diferentes da Igreja Católica, por causa das suas ideologias e convicções.

O Santo e fundador da Ordem Franciscana dos Frades Menores é interpretado por Mickey Rourke, e sua inspiração, a mulher que mais tarde se tornou Santa Clara (Chiara, no filme) é interpretada por Helena Bonham Carter.

Helena Bonham Carter mais à esquerda, bem novinha
 (parece que o tempo não passou pra ela, não é mesmo?)

Criado como um filho mimado de um comerciante, Francesco vai para a guerra e volta com um profundo horror da situação de miséria na sociedade, gerando conflitos e sofrimento.

Mickey Rourke
Em uma das cenas, como ato de renúncia, ele se despe de suas roupas bem na frente de seu pai e sai nu e descalço, juntando-se aos leprosos e mendigos. O filme segue com uma série de episódios da vida do santo, seguindo até seus últimos dias, quando ele recebe o sinal de Deus e tem no seu corpo as marcas e feridas semelhantes às do corpo de Jesus na crucificação (considerado um milagre para a Igreja Católica, e uma das principais razões para que ele tenha sido santificado).

Quem conhece a história do Buda, achará elementos semelhantes entre a história dos dois, principalmente considerando que ambos vieram de uma vida de riqueza e renunciaram a tudo.


Também tem uma cena em que Francesco rola nu na neve (o filme é cheio de nudez masculina, e foge dos convencionais filmes religiosos, onde os santos raramente são retratados com este espírito de liberdade e inocência sugerido). A história tradicional nos conta que Francesco rola na neve em resposta a uma sugestão do diabo para que ele pudesse se casar e ter filhos, então ele ironiza o diabo fazendo pilhas de neve para representar sua "esposa" e "filhos". Mas isso fica pouco claro pra mim no filme.


Eu me surpreendi com o desempenho comprometido e pouco ortodoxo de Rourke no papel, até mesmo porque estava acostumada a vê-lo em contextos de ação e em papéis um tanto machistas. Bem, o próprio Mickey Rourke tem episódios questionáveis na sua vida pessoal, mas não podemos fazer esse tipo de comparação, pois como ator, teve boas e memoráveis atuações. É um filme interessante.

Marcas da crucificação de Jesus surgem em Francisco


author

.:: Andhora Silveira ::.

É graduanda em Ciência da Computação. Ama ficção científica,
histórias em quadrinhos, heavy metal, livros, física, astronomia e tecnologia.
É uma leitora exigente e gosta muito de escrever. Vida longa e próspera.

Comente pelo facebook:

Comentário(s):

Comente pelo blogger:

Seja o primeiro a comentar!

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

* Todos os comentários são lidos e moderados previamente;

Não serão publicados aqueles comentários que:

* Não estão relacionados ao tema do post;
* Contém propagandas (spam);
* Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;
* Possui erros ortográficos e miguxês.

Back to Home Back to Top