Palavras


- sábado, 3 de dezembro de 2011
Quando você escreve, suas palavras tornam-se sua defesa. A sua maneira de lidar com tudo. Seu jeito de entender o que está acontecendo no mundo e forma de expressar o que está acontecendo no seu interior. 

Mas acontece que as palavras à vezes falham e você fica vulnerável. Me agarro ao emaranhado da minha mente. Me afogo na confusão dos meus pensamentos. Giro em descompasso com o mundo. Me torno incompreensível. Oprimida, desorientada. Me faço silêncio e completamente sozinha.

author

.:: Andhora Silveira ::.

É graduanda em Ciência da Computação. Ama ficção científica,
histórias em quadrinhos, heavy metal, livros, física, astronomia e tecnologia.
É uma leitora exigente e gosta muito de escrever. Vida longa e próspera.

Comente pelo facebook:

Comentário(s):

Comente pelo blogger:

1 comentário:

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

* Todos os comentários são lidos e moderados previamente;

Não serão publicados aqueles comentários que:

* Não estão relacionados ao tema do post;
* Contém propagandas (spam);
* Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;
* Possui erros ortográficos e miguxês.

Back to Home Back to Top