Minhas Impressões: Quadrilogia Alien - Alien³ (1992)


- sexta-feira, 7 de outubro de 2011
* Alerta de Spoiler: Este post discute livremente elementos de toda a trama do filme. Aqueles que não viram o filme e querem o ver antes, são encorajados a regressar depois de tê-lo visto. *


Alien³ foi dirigido por David Fincher (Se7en, O Quarto do Pânico) e escrito por David Giler (Alien, Aliens), Walter Hill (Aliens) e Larry Ferguson (Highlander, Caçada ao Outubro Vermelho), com base numa história de Vincent Ward e nos personagens criados por Dan O'Bannon e Ronald Shusett. Ou seja, o filme tem uma equipe de escritores de peso. Resta saber se realmente é bom, vejamos...

Os créditos de abertura são devastadores, especialmente se você é um fã dos dois primeiros filmes (Alien e Aliens). Antes do filme começar, mesmo depois de tudo o que Ripley (Sigourney Weaver) lutou, mesmo depois de sua luta tremenda contra hordas de guerreiros alienígenas e a sua rainha Alien enorme no último filme e o resgate emocionante de sua filha adotiva, Newt, você vê que foi tudo por nada. Enquanto ela, Newt, o cabo Hicks e o androide Bispo estavam em sono criogênico, vemos um parasita a bordo atacando aos tripulantes adormecidos.

Os danos causados ​​pelo super-ácido do parasita provoca um incêndio elétrico a bordo da nave que é completamente automatizada e o computador acaba direcionando a nave para o mundo habitado mais próximo em sua rota de vôo. O texto da tela do computador nos diz que este planeta é o lar de uma refinaria de minério e de "duplos cromossomos Y", que fazem parte de um sistema de trabalho correcional. Os homens que nascem com dois cromossomos Y têm uma tendência para crimes violentos. Em outras palavras esta é uma colônia de mineração onde criminosos extremamente violentos são usados para trabalho escravo.

... Ou pelo menos costumavam ser utilizados. A Corporação Weyland-Yutani (referida em todos os filmes como "A Empresa") costumava ter uma instalação de 5.000 prisioneiros, mas aparentemente não era rentável. Eles desligaram o Programa, mas deixaram para trás uma equipe mínima de 25 ex-prisioneiros para manter a infra-estrutura, no caso de decidirem fazer algo com eles depois. Estes prisioneiros, quase todos "duplo Y", fundaram uma religião e não desejam regressar à sociedade.

Ripley é a única sobrevivente do acidente e única mulher em um planeta de homens que não vêem mulheres a muito tempo. Quando acorda, lhe é dada a má notícia. Uma das coisas que admiro em Sigourney Weaver é que ela se adapta de uma maneira incrível a cada fase que a sua personagem passa.

O Superintente Andrews e seu assistente o Sr. Aaron informam à Ripley que sua presença será muito perturbadora para os homens e ela não pode ir a qualquer lugar sem ser com escolta. Além disso, ela é obrigada a raspar a cabeça, por causa de uma "epidemia de piolhos" entre os prisioneiros. Uma mensagem sobre o ocorrido é enviada para a empresa e uma equipe de resgate é esperada em uma semana.


Quando Ripley inspeciona a nave tombada, vê as marcas de queimadura nos tubos de sono, então insiste em realizar uma autópsia em Newt. A autópsia de Newt não revela nada, mas dentro da nave um cão é atacado pelo parasita.

Ripley encontra um amigo, o médico Clemons, mas ela mantém os detalhes de sua vida em segredo. Quando as pessoas começam a morrer ou simplesmente desaparecerem, Ripley sabe o que está acontecendo. Ela mal tem tempo para dizer ao pessoal descrente o que está acontecendo quando ela mesma é confrontada com o alien. Mas ele a deixa ilesa. Por quê?

Mudando um pouco o foco, devo comentar aqui que esse filme mostra que a forma do Alien depende do seu hospedeiro. Como no caso o Alien veio de um cão, sua forma é diferente. Também devo comentar que através de todos os filmes Ripley é uma rocha. Mesmo que ela esteve um pouco perdida emocionalmente no início de "Aliens", ela ainda manteve-se firme e enfrentou seus piores medos. Mas este filme é sobre seus piores medos se tornando reais. É uma partida a partir do tema horror/ação dos dois primeiros filmes e realmente testa a profundidade da personagem Ripley. Mesmo em face à tragédia empilhada sobre tragédia, ela consegue manter-se forte.

Eu gostei deste filme, mesmo que ele tenha tido alguns problemas. As razões para Alien³ ser admirado estão no fato de que os criadores deste filme tentaram fazer o terceiro filme da série tão diferente dos dois anteriores quanto o possível. Alien³ foi o primeiro longa-metragem de David Fincher, diretor conhecido por seus comerciais e vídeos, em que ele demonstrou sua sensibilidade artística criando um mundo escuro e deprimente que é igualmente fascinante. As mesmas técnicas serviria muito bem a carreira de Fincher. Finalmente, a razão básica pela qual Alien³ é admirado está na escuridão e desolação deste filme que é levado ao extremo.


Porém Alien³ parece falso e pouco convincente, porque a história e os personagens devem sacrificar tudo, incluindo a plausibilidade e senso comum , a fim de conseguir terminar o mais infeliz possível.

Nos dois filmes anteriores Ripley era uma profissional inteligente e engenhosa que se importava com a vida das pessoas ao seu redor. Em Alien³, desde o início, ela tem poucos motivos para permanecer viva e ainda menos razões para se preocupar com as pessoas ao seu redor.

Alguns poderão argumentar que Alien³ é injustamente criticado, porque a maioria das queixas vêm daqueles apaixonados pelos dois filmes anteriores. Como um filme independente, com os espectadores não familiarizados com Scott e as obras-primas de Cameron, Alien³ poderia ser, pelo menos, apreciado como exemplo raro de filme que quebra convenções. Infelizmente, a sua ligação com a série é inevitável!


O problema está dentro do enredo fraco e cheio de buracos: os personagens fazem coisas que não fazem sentido dentro do contexto da história e os personagens principais morrem antes que possam cumprir o seu propósito. No entanto, o roteiro ainda embala algumas coisas legais, e não é tão medíocre quanto o último filme da quadrilogia, Alien: Resurrection. Mas isso fica para outro post...

author

.:: Andhora Silveira ::.

É graduanda em Ciência da Computação. Ama ficção científica,
histórias em quadrinhos, heavy metal, livros, física, astronomia e tecnologia.
É uma leitora exigente e gosta muito de escrever. Vida longa e próspera.

Comente pelo facebook:

Comentário(s):

Comente pelo blogger:

6 comentários:

Bob Mota comentou:

Não gostei desse filme, pra mim só existem Alien e Aliens. Neste filme eles simplesmente jogaram no lixo tudo que Ripley fez nos outros dois. Ripley é muito mais do que mostrado neste e no quarto filme. Bela resenha, mas não acho o Alien³ legal, ele é totalmente descartável.

* Andhora Silveira * comentou:

Não tiro completamente o mérito desse filme. Obviamente ele não chega aos pés do primeiro e do segundo, mas não concordo que seja totalmente descartável.

:)

Bob Mota comentou:

Mas sabe porque eu acho descartável?
É porque eles simplesmente jogam no lixo a personagem construída nos outros dois filmes e transformam ela em sei lá o quê.
A Ripley era a mais fraquinha no primeiro filme e é a única que sobrevive. Você mostra a força da personagem aí.
No segundo eles trabalham o psicológico dela, com a perda da filha e adoção da Newt.
Simplesmente o diretor e roteirista desse novo filme, pega tudo o que foi desenvolvido a respeito da personagem e joga fora. Praticamente criando uma outra pessoa com o mesmo nome e boa de briga.

* Andhora Silveira * comentou:

Isso é verdade...

Acho que os reteiristas quiseram mostrar que aquilo ali não tinha como acabar bem, de maneira alguma. Pegaram pesado, foram radicais... mas é assim quando se brinca com Aliens.

Daniel comentou:

Eu achei esse filme estranho. Não gostei do fato de o filme mal começar e ja matar todos os personagens que sobreviveram ao segundo filme, e ainda deixa ripley esperando pra morrer com um alien na barriga. Mas, não é um filme de todo ruim, se você não tentar comparar com os dois primeiros. Ainda é um pouco bizarro que o final do filme tenta deixar claro que Alien deveria acabar ali mas, eles conseguiram fazer um quarto filme (ainda mais bizarro).

* Andhora Silveira * comentou:

@Daniel Concordo contigo! O quarto filme é extremamente bizarro...

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

* Todos os comentários são lidos e moderados previamente;

Não serão publicados aqueles comentários que:

* Não estão relacionados ao tema do post;
* Contém propagandas (spam);
* Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;
* Possui erros ortográficos e miguxês.

Back to Home Back to Top