Minhas impressões: Falling Skies - 3. Prisoner of War


- terça-feira, 5 de julho de 2011
* Alerta de Spoiler: Este post discute livremente elementos de toda a trama da série e poderá conter alguns spoilers. Aqueles que não viram e querem a ver antes, são encorajados a regressar depois. *

Fiquei me perguntando o porquê dos alienígenas usarem dispositivos-parasitas como forma de aprisionamento e controle dos adolescentes:

1) Os adolescentes são mais fortes do que as crianças, mas não tão perigosos quanto os adultos.
2) Se você pegá-los enquanto ainda jovens, à medida que crescem até a idade adulta eles ficam mais fáceis de controlá-los.
3) Os alienígenas precisam de mão de obra para suas missões de limpeza.

Ok, a terceira teoria não é tão provável, com certeza eles serão usados para muito mais do que simplesmente o recolhimento de entulho, mas isso foi algo que eles abertamente mostraram nesse último episódio.

Os alienígenas sem dúvida não chegaram aqui para iniciar um "Programa de Reciclagem". Parece-me que para os Aracnos (ou Skitters), os adolescentes seriam a força de recrutamento ideal, pois estão prontos para trabalhar e ainda tem uma longa vida de trabalho escravo.

Ainda assim, a resistência está conseguindo algum progresso, ou assim parece, tanto na parte da retirada do parasita da coluna dos escravos quanto também na frente de resistência.


Existe um grupo de resistência não-organizada, com várias células ativas em todo o país, e o Doutor Michael Harris, que entra em campo, pode ter uma pista para a extração dos parasitas. No entanto, eles precisam de um voluntário, e Tom permite que utilizem seu filho para este propósito. Porém eles não são bem sucedidos no resgate de Ben, mas conseguem pegar o filho do combatente Anthony. Tom consegue abater um Aracno ainda vivo, e se refere a ele como um "prisioneiro de guerra".


A comida é um dos maiores problemas enfrentados pela Resistência, pois eles mal conseguem pegar mantimentos para manterem-se. E é nesse contexto que John Pope, o prisioneiro do segundo episódio, se torna cozinheiro do grupo, pois ao que parece, além de assassino e caçador, ele é um excelente cozinheiro, devido aos treinamentos e a experiência em cozinhar para algumas centenas de presidiários na sua época de preso.


Eu gosto da maneira como o Pope está lentamente provando o seu valor para o grupo, graças à sua variedade de habilidades. Talvez ele irá, eventualmente, ser utilizado nos combates, se bem que ele não é uma pessoa muito confiável. Mas o fato é que todo grupo precisa de um sobrevivente durão.

Desta vez, vimos os Aracnos (Skitters) e os Mechs em plena luz solar, e eles realmente pareciam muito bons (com algumas ressalvas), e os Mechs me lembraram um pouco o ED-209 de Robocop.

Foi um episódio bastante sólido, com algumas cenas de ação boas, sem mencionar o final, que foi de arrepiar.


author

.:: Andhora Silveira ::.

É graduanda em Ciência da Computação. Ama ficção científica,
histórias em quadrinhos, heavy metal, livros, física, astronomia e tecnologia.
É uma leitora exigente e gosta muito de escrever. Vida longa e próspera.

Comente pelo facebook:

Comentário(s):

Comente pelo blogger:

Seja o primeiro a comentar!

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

* Todos os comentários são lidos e moderados previamente;

Não serão publicados aqueles comentários que:

* Não estão relacionados ao tema do post;
* Contém propagandas (spam);
* Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;
* Possui erros ortográficos e miguxês.

Back to Home Back to Top