Às vezes as palavras são tão difíceis de sair...


- segunda-feira, 29 de março de 2010
... Eu quero escrever e escrever e escrever, mas nem sempre sei o que dizer ou o que eu estou dizendo. Eu sei que tenho muito mais a dizer. Só não sei por onde começar. Não há nenhum ponto de partida, realmente. Você pode pensar que sabe tudo sobre mim, mas a verdade é que provavelmente não saiba nada... ou talvez até saiba um pouco. Mas as chances convergem para um não. Estou cansada disso. Eu não penso mais sobre o passado, ou pelo menos não procuro pensar mais. O futuro é o que me mantém indo. Penso em me tornar uma pessoa melhor. Não me importo com o que acontecerá no meu futuro, contanto que eu esteja nele.

... Coisas bonitas podem sair de situações horríveis. Eu sei que a partir de um fato você começa uma nova sabedoria, encontrada sob a forma de um novo mundo, como uma névoa cinzenta, como as pessoas que não tem nenhum senso. E isso pode ser difícil de lidar, difícil de aceitar. Longe da raiva, você pode sentir seu coração bater, cada batida que está agitando todo o seu ser e não apenas os passos pesados que você caminha. É quando você sabe que está vivo. E isso é surpreendente em todos os ângulos. Se torna algo incrível. Faz brilhar.

Em todo este caos, eu encontrei segurança.

author

.:: Andhora Silveira ::.

É graduanda em Ciência da Computação. Ama ficção científica,
histórias em quadrinhos, heavy metal, livros, física, astronomia e tecnologia.
É uma leitora exigente e gosta muito de escrever. Vida longa e próspera.

Comente pelo facebook:

Comentário(s):

Comente pelo blogger:

Seja o primeiro a comentar!

:)) ;)) ;;) :D ;) :p :(( :) :( :X =(( :-o :-/ :-* :| 8-} :)] ~x( :-t b-( :-L x( =))

Postar um comentário

* Todos os comentários são lidos e moderados previamente;

Não serão publicados aqueles comentários que:

* Não estão relacionados ao tema do post;
* Contém propagandas (spam);
* Com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;
* Possui erros ortográficos e miguxês.

Back to Home Back to Top